Trabalhar junto. Fazendo junto. Vivendo junto.

Coworkers.
Trabalhar junto sem ser “empregados” um do outro. Empreender.
Espaços de coworking.[1]
Espaços colaborativos.

Makers[2].
Fazer, fazer acontecer coisas com tecnologia e com um enorme viés de cultura hacker.
FabLabs[3].

Continuar lendo Trabalhar junto. Fazendo junto. Vivendo junto.

Inovação e criatividade

 

E vamos falar de inovação e criatividade.

 

Criatividade estaria MUITO relacionada a criar sem amarras, à arte, a deixar emergir o que você sente que quer criar, se deixar fluir.
O olhar para qualquer direção, para qualquer lado, se deixar infundir para qual tempo.

Inovação estaria MUITO relacionada à reflexão, experiência, observação do que já está criado, conversas com outros, a deixar emergir o que vários pensam e sentem.
O olhar para o passado, o presente, o futuro, pensar sobre isso, olhar em volta e ver o que seria adequado para mudar para melhor o que já foi feito até agora. Ou mudar tudo.

Continuar lendo Inovação e criatividade

Netweavers e técnicas participativas e colaborativas

A definição do que seriam os netweavers é um pouco complexa.

Para começar a perceber o que isso seria, estes links – uma apresentação e uma descrição – uma delas do de Augusto de Franco, são interessantes:

http://www.slideshare.net/augustodefranco/como-se-tornar-um-netweaver  e

http://projetodraft.com/verbete-draft-o-que-e-netweaving/

Netweavers podem ser animadores de redes, tecelões de redes, explicitadores de redes, potencializadores de redes, provocadores de interações em rede, empoderam pessoas em rede,  empreendem em rede, … mas não só isso.

Mas sempre funcionam em toda sua potência só, e somente só, se agirem em rede.

Continuar lendo Netweavers e técnicas participativas e colaborativas

Produtos, processos e redes.

Vamos aqui discorrer, ainda que brevemente, sobre produtos, processos e sua relação com ambientes (físicos e virtuais) que se propõe a serem fomentadores de desenvolvimento de relações e fluxos em rede.

Continuar lendo Produtos, processos e redes.

E daí…?

Ontem eu li em um comentário na página do Rafael Mambretti Ferreira Pinto (um dos criadores da Carbono Zero Courier) no Facebook que “Entrepreneurship is about solving a problem, not starting a company.” ou seja, empreender seria (necessariamente) sobre resolver problemas e não (necessariamente) começar uma empresa.

Continuar lendo E daí…?

A Laboriosa 89 e o Oswaldo.

A Laboriosa 89 é um laboratório de experiências sobre (e com) comunidades, abundâncias e convivências. Que se iniciou em uma casa, na rua Laboriosa 89, na Vila Madalena em São Paulo.

E a ideia de fazer algo veio de uma pessoa, o… :

Sou o Oswaldo Oliveira.

Fui eu quem iniciou a Laboriosa89.

Continuar lendo A Laboriosa 89 e o Oswaldo.

Espaços de co-working e de relacionamento-colaborativos

Em São Paulo estão ocorrendo dois tipos movimentos/espaços que contemplam um modo de ver o mundo, que engloba o pessoal e o profissional.

Continuar lendo Espaços de co-working e de relacionamento-colaborativos

Small Acts Manifesto

Nesta nossa vida de conteúdos digitais que circulam muito rapidamente pela web, certas coisas vão e voltam por que são de qualidade e são relevantes.

Uma destas coisas é o “Small Acts Manifesto”, cuja figura que está neste artigo me fez lembrar dele novamente.

Continuar lendo Small Acts Manifesto