Um evento sobre “NEGÓCIOS EM TRANSIÇÃO”

Link para o evento: https://www.facebook.com/events/1531065060468202/

 

Gostaríamos de chamar pessoas para uma conversa que teremos sobre empreendedorismo social (servidor), redes e sustentabilidade financeira no dia 07 de novembro no Laboriosa 89, com os “puxadores de conversa” Maria Thereza do Amaral, Carla Ferro, Oswaldo Oliveira, Leandro Pinheiro e outros.


Em um evento no dia 06 de outubro, que ocorreu no LAB E=R, aconteceu uma conversa sobre o tema “TRABALHO EM TRANSIÇÃO”, com foco em ser “uma conversa sobre novos olhares sobre as relações de trabalho e seus fluxos de remuneração na transição para uma sociedade em rede”.

Foi uma conversa muito boa, em que várias nuances sobre este assunto vieram a tona.

E daí pensamos em uma segunda conversa, a ser realizada no Laboriosa 89, sobre “NEGÓCIOS EM TRANSIÇÃO”, focado em ser uma conversa sobre negócios, empreendedorismo social(servidor) e em fluxos de remuneração para pessoas que pensam e agem glocalmente. A conversa também será sobre quão relevante é estar havendo uma transição para uma sociedade/comunidade em rede. Mas será principalmente voltado para pessoas que de fato aceitam o desafio de estarem empreendendo-se.

E será uma conversa muito influenciada por temas como o Laboriosa 89 e o que ela é , o Empreender-se e as pessoas que estão nele, a desescolarização e suas aprendizagens autônomas, o Unlock (https://unlock.fund/) e sua lógica, e outros.

Esta segunda conversa acontecerá no dia 07 de novembro, sexta feira, das 17h as 19h, na sala privativa do Laboriosa 89.

“Puxadores de conversa”: Maria Thereza do Amaral, Carla Ferro, Oswaldo Oliveira, Leandro Pinheiro.

Estas pessoas estão fazendo/pensando/sonhando:

Leandro Pinheiro: Ter sucesso ajudando a comunidade a ter sucesso; Sustentabilidade financeira de projetos em rede; Remuneração pelo processo e não pelo produto; Captação de recursos em rede (crowdfunding, financiadores da rede); Pensamento Financeiro com foco na abundancia, confiança e manutenção do fluxo e não no acumulo e medo.

Oswaldo Oliveira: Desobstrução de fluxos; desobstrução, movimentação, libertação, criação, inovação. Tudo o que significar expansão do campo de possibilidades.
Auxilio pessoas, organizações e espaços a desobstruírem seus fluxos.

Maria Thereza do Amaral: Sensibilização de pessoas para novos modelos de vida/mundo; Produzir experiências de sensibilização para pessoas em rede. Fazer mentorias (conversas) com pessoas que querem harmonizar (ou vivenciar) ações, trabalhos, experiências transdisciplinares e complexas. Navegar por “experimentações antes das inovações”. Harmonizar conceitos/definições/posições/características de grupos interdisciplinares.

Carla Ferro: Ligar os pontos da rede, colocar pessoas em contato. Iniciar ou aprofundar investigações e discussões em torno de assuntos “novos” é o que tem me tornado visível para muitas pessoas. Quando chegam a mim, a maioria delas busca respostas. Como as questões têm sido recorrentes, em vez de oferecer respostas, tenho podido oferecer rede.

Contribuições para o Laboriosa 89: https://unlock.fund/laboriosa89

Link para o evento: https://www.facebook.com/events/1531065060468202/

Deixe uma resposta